16 de ago de 2012

A PRIMEIRA PEDRA.

Aos fariseus de ontem Jesus propunha que os “sem pecado” atirassem a primeira pedra (Jo 8, 7) ou tirassem primeiro o cisco do próprio olho. (Mt 7, 3) Diz o mesmo às Igrejas e à mídia de hoje. Bispo, padre, pastor e jornalista sem pecado atire a primeira pedra. Mas antes, examine-se bem!

Que fique claro que aquele que errou, fez penitencia e pagou pelo seu erro. Merece perdão. Porque remexer num pecado que já foi expiado? Igrejas que denunciam precisam aprender a perdoar o denunciado que se emendou. A mídia que denuncia os pecados das Igrejas e dos homens públicos precisa também aprender a noticiar e a perdoar as Igrejas e os políticos que se emendam e também pedir perdão pelos seus maus jornalistas.

Querer ser perdoado e não querer perdoar, além de ser incoerência é crueldade premeditada.


Pe. Zezinho, scj