6 de set de 2012

POEMA DE QUEM NÃO SABE

Algumas coisas sobre a vida, eu sei,
mas sei que sei muito menos do que deveria saber
e mesmo que eu quisesse saber tudo
eu seria incapaz de saber tanto.
Meu conhecimento da vida será sempre limitado
e eu saberei viver este limite
Jamais direi que sei o que não sei.
Jamais tentarei ensinar aquilo de que não estou seguro.
Se eu errar, humildemente me deixarei corrigir
e se tiver que me retratar, eu me retratarei.
Pedirei desculpas a quem eu ensinei errado.
Saberei voltar atrás na minha pregação
se descobrir que enganei os meus ouvintes.
Sobre Deus é muito mais o que eu não sei
do que aquilo que sei.
Sobre Deus é muito mais o que nossas igrejas não sabem
do que aquilo que elas sabem.
Nossa Igreja diz isso humildemente no seu catecismo.
Parafraseando Santo Tomás de Aquino,
Deus é ainda mais do que o que achamos saber sobre Ele.
Conservarei a devida humilde de admitir
que não sei nem mesmo o suficiente sobre Deus.
Tentarei aprender cada dia mais.
Não ficarei em frases decoradas e bonitinhas
daquelas que todo mundo repete.
Tentarei ir mais fundo e ser mais profundo.
Por isso meditarei e lerei o quanto puder
para ter um pouco da sabedoria de outros irmãos
que estudaram e estudam mais do que eu.
Conservarei a devida humilde
de saber que não sei o suficiente sobre a vida
sobre Deus, sobre o ser humano, sobre a vida na terra.
Esses dias fiquei sabendo de uma ave
que pega os ossos de grandes animais mortos
e os joga de mil metros de altura
para que quebrem nas pedras e, assim,
lhes possibilitem comer o tutano.
Quem ensinou isso a elas?
Não é um ato de inteligência?
Então porque achamos que só nós somos inteligentes
quando há humanos matando o outro
por causa de um papel colorido, um sapato novo
ou uma medalha de ouro?
Admitirei que meu povo não seja o melhor nem é o pior em tudo.
Saberei amar meu povo, sem diminuir os outros.
Saberei amar minha família, sem diminuir as outras.
Saberei amar-me sem diminuir os outros.
Sei muito pouco sobre Deus, sobre a vida e sobre o ser humano.
Se puder aprender mais é isto o que farei.
E se descobrir que não fiz esforço suficiente para aprender mais
dobrarei daqui por diante os meus esforços.
Eu quero saber mais sobre a obra de Deus para amá-lo melhor.
Espero que isto me converta de uma vez por todas
e me torne mais capaz de amar os outros,
porque nem mesmo isso eu tenho feito direito!


Pe. Zezinho, scj